Especialista em Serviços Financeiros

Precisando de capital? nós temos a solução que procura.

Capital de Giro

Menores Taxas do Mercado

Leia mais

Crédito

Tenha acesso a um crédito de qualidade

leia Mais

Imóvel em Garantia

Temos soluções para você que tem Imóvel como Garantia

Leia Mais

Mais de 100 milhões em empréstimos realizado

Faça com quem tem experiência no mercado. Temos Profissionais capacitados para melhor lhe atender.

Consulte agora

Notícias

Fique por dentro das informações do mercado Financeiro

Mercado financeiro: como foi o mês, o semestre, e o que esperar agora

O mercado financeiro dá o pontapé inicial a julho, que dá largada também ao segundo semestre, com um sentimento misto de cautela e algum otimismo com a evolução da pandemia do coronavírus, que provocou forte instabilidade e turbulências nos mercados, locais e globais, na primeira metade do ano.

A expectativa de que o pior da pandemia está passando, principalmente em países da Europa, e de que que a reabertura da economia poderia ganhar fôlego maior que o previsto levou a uma recuperação dos mercados no fim do primeiro semestre. Uma reação que compensou parte das perdas, sobretudo do mercado de ações, que desabou em março, pelo pânico dos investidores com a chegada e disseminação do coronavírus.

Em trajetória de recuperação, a Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, liderou a rentabilidade em junho, pelo segundo mês consecutivo, mas ainda acumula desvalorização de 17,80% no ano. Esse desempenho negativo, contudo, não espelha com fidelidade o que ocorreu em março, quando a B3 fechou o mês com queda de 28,35%, após despencar e cair mais de 38,98% no pior momento do mês.

No segundo trimestre, de abril a junho, a B3 acumula valorização de 37,35%, descontando boa parte da perda de março. Seria precipitação, porém, afirmam especialistas, avaliar essa reação como sinal de que o mercado de ações permanecerá doravante nesse processo de recuperação.

fonte: estadao.com.br